quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Melhor que o que está a findar...

Simplesmente, desejo que em 2011, todos possamos ser mais felizes, não com a infelicidade dos outros, mas com a sensação de termos contribuído de forma positiva e desinteressada para (re)construir um mundo melhor.

BOM 2011!!!

Diálogo entre irmãs

Assisti, sereno e em silêncio, ao seguinte diálogo entre duas irmãs:

- Irmã solteira: "A que horas te levantas para ir para o teu trabalho?"

- Irmã casada: "Às 6:30."

- Irmã solteira: "Então, antes de saíres de casa, despachas o menino para ele ir para a escola?"

- Irmã casada: "Não porque é muito cedo. Quem faz isso e leva o nosso filho para a escola é o meu marido. E também o vai buscar no final do dia."

Só posso e devo fazer um comentário:

domingo, 26 de dezembro de 2010

Registo Anual de Treinos da Época de 2010

Na parte final do ano, divulgo o somatório da época desportiva de 2010. Penso, espero e estou a trabalhar, para que em 2011, os valores sejam superiores, e os resultados sejam melhores.

Bom Ano de 2011!!!




Caso não consiga visualizar a imagem, clique em REGISTO DE TREINOS 2010.

Outros resultados:

1. Campeonato Nacional de Triatlo Longo Individual Masculino, 23º lugar absoluto, 17º sénior, com 172 pontos, em mais de 180 triatletas pontuados. Venceu Pedro Gomes (COO), com 430 pontos.

2. Ranking Nacional de Triatlo Individual 2010, 52º lugar, em mais de 550 triatletas pontuados, com 1450 pontos. Venceu Pedro Gomes (COO), com 3310 pontos.

3. Ranking de Taça de Portugal (Colectivo) Masculino 2010, 3º lugar, COMPPED/Tri-Oeste com 1490 pontos, em 45 equipas pontuadas. Venceu COO com 1650 pontos.

4. Ranking de Taça de Portugal PORterra (Colectivo) Masculino 2010, 3º lugar, COMPEED/Tri-Oeste, com 1020 pontos, em 39 equipas pontuadas. Venceu COO com 1220 pontos.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

A mensagem que faltava

Nesta fase do ano, não poderia ficar indiferente, a ponto de não publicar no meu site uma mensagem típica, mas sentida. Assim, desejo a todos os meus amigos, familiares, colegas de trabalho, conhecidos e aos restantes seres humanos com os quais tenho algum tipo de relacionamento directo e indirecto:

BOAS FESTAS,
MUITA SAÚDE E FELICIDADE!!!

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Gala do Triatlo 2010

Impensável, até há uns anos atrás, ver esta imagem. Não pelo facto de ter subido ao palco para receber um prémio, mas pela oportunidade de regressar em pleno à "família" do Triatlo, realizando provas e partilhando bons momentos com pessoas que gostam tanto desta modalidade quanto eu próprio.

O "jovem" à minha direita - triatleta amador e pai de família -, é que não se cansou de fazer provas e amealhar bons resultados, desde as distâncias mais curtas, até à distância ironman. Não é assim Sr. Caldeirão!

sábado, 18 de dezembro de 2010

Quem paga?

Sábado, 18 de Dezembro de 2010, 9:00, Piscina Olímpica de Rio Maior, início do treino de natação, numa instalação com 50m de comprimento x 25m de largura, e 10 pistas, totalmente à disposição de um atleta: EU!

Como atleta, sinto-me altamente privilegiado, por poder usufruir de uma instalação desportiva com as referidas (excelentes) condições. Mas, na condição de contribuinte e Riomaiorense, é um desperdício de recursos, caso não se adoptem, urgentemente, estratégias para aumentar substancialmente o número de utentes das piscinas de 50m.

Pergunto:

- quantos atletas estrangeiros de competição de alto rendimento vai a DESMOR, E.M. trazer para pagar e utilizar as piscinas de 50m, de modo a dar lucro?

- quando vai a DESMOR, E.M. apresentar publicamente as verdadeiras receitas e despesas das piscinas de 50m?

- por que motivo, a Federação de Triatlo de Portugal deixou de fazer estágios em Rio Maior?

Enquanto isso não acontece - se alguma vez vier a acontecer -, vou nadando e usufruindo daquele espaço, que também ajudo a pagar, com a minha entrada de utilizador e com os meus impostos. E hoje, senti-me particularmente poderoso, ao realizar 2 x 400metros crol, com apenas 15 segundos de intervalo, para 5min52seg e 5min47seg...com barbatanas e palas.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

1ª Maratona de Cycling BSCN/KORP LESS, em Benedita



Dar e receber II

À medida que vamos vivendo, aprendemos lições úteis para o nosso futuro, as quais nos permitem parar, pensar e tomar decisões, teoricamente, acertadas.

Cada vez me convenço mais, sobre a imperiosa necessidade de, em momentos crucias, não dizer e não escrever tudo o que penso, e não fazer o que é mais correcto.

Sinto necessidade de desinvestir em relação a quem recebe e não valoriza, e de poupar todos os recursos (dinheiro, tempo, paciência, emoções), investindo-os em quem mais precisa e/ou merece.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Avaliação intermédia: Natação

Gradualmente, vou libertando a ferrugem acumulada desde 2001. O treino regular, em piscina, baseado no trabalho técnico e no volume de treino (horas e metros), começa a gerar os primeiros resultados visíveis, traduzidos em velocidades de nado mais elevadas, sobretudo, em tarefas de treino que servem de referência.

Para se avaliar a evolução, em apenas 2 meses de treino, apresento vários exemplos comparativos entre a época transacta (2010), e a época em curso (2011):

- antes, a tarefa de 4 x 400metros crol, com saída aos 8min 30seg, era realizada, na melhor das hipóteses, ao ritmo de 2min02seg/100m, ou seja, 8min08seg/400m, e, recentemente, fiz: 7min15seg + 7min12seg + 7min10seg + 7min10seg, com saída aos 8min00seg;

- antes, uma tarefa de 5 x 200metros crol, com saída aos 4min 30seg, seria realizada, na melhor das hipóteses, a 3min55seg, e, recentemente, fiz tempos entre 3min30seg e 3min40seg, com saída aos 4min00seg;

- antes, a tarefa de 10 x 100metros crol, com saída aos 2min20seg, era realizada, na melhor das hipóteses, a 1min58seg, e, recentemente, fiz todas as repetições bem abaixo de 1min50seg, com saída aos 2 min00seg;

- antes, a tarefa de 20x50m crol, com saída a 1min05seg, poderia ser completada à média de 54seg/50m, e, recentemente, os tempos rondavam os 50-51seg/50m, com saída a 1min00seg.

Efectivamente, qualquer nadador(a) de competição, com 11-12 anos de idade - ou mais novo -, faz muito melhor. Mas sempre tive o (bom) hábito de apenas estabelecer comparações com o Pedro Pinheiro do passado.

Haja saúde, motivação e treino regular, para que os resultados/evolução sejam visíveis.

Por fim, reafirmar o seguinte: se eu - com 36 anos, atleta amador, e tendo aprendido a nadar do zero, apenas aos 18 anos -, consigo evoluir, é garantido que outros, também o conseguem, investindo recursos (tempo e dinheiro), traçando objectivos e mantendo a motivação em níveis elevados.

Vamos lá treinar com regularidade!!!

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Calendário de Competições da F.T.P.

Foi divulgado o calendário (provisório) de competições da Federação de Triatlo de Portugal. Sob o lema "Um desafio para todos! - Eventos 2011", parece-me o melhor e mais equilibrado calendário de competições de sempre.

Faço votos para que todos os eventos se realizem, e que os mesmos sejam um sucesso para todos os agentes da modalidade.

(clique sobre a imagem para ampliar)
Isto promete!!!

domingo, 12 de dezembro de 2010

Peter Félpes: o melhor nadador...do seu quintal

ATENÇÃO!

O realizador, o marreta que está dentro de água, e a equipa de produção desta pérola dos filmes de terror, intencionalmente, reduziram a velocidade de apresentação, para que os espectadores possam apreciar e deliciarem-se com a (falta de) qualidade técnica do artista. Sim, porque se o filme fosse exibido à velocidade normal, nem o cameraman conseguia acompanhar o ritmo de deslocamento, e entraria em fadiga precoce, para aí ao fim de...sei lá...10 metros.

Se contado já era mau, com imagens é de arrancar os cabelos.

(Ainda bem que o meu filho está a aprender a nadar desde os 6 meses; assim não faz filmes destes, de certeza)

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Pulseira holográfica

Logo agora, quando estava quase a conseguir todo o dinheiro, arduamente amealhado no meu porquinho das poupanças, surge esta notícia da DECO - PROTESTE, de Dezembro de 2010.
Mas que desmancha-prazeres; assim, fico na dúvida, se compro...ou não.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Estatística do website

Os dados estatísticos não enganam; desde 11 de Novembro de 2007:

- 20000 visitas;

- 72 visitas por dia.

MUITO OBRIGADO A TODOS OS VISTANTES DESTE SITE!!!

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Dar e receber

No decorrer desta semana, aprendi mais uma lição de vida, a qual, mais tarde, será motivo para outra mensagem.

Mas muito a propósito de "Dar e receber", António Joaquim Rodrigues Ribeiro ou António Variações , um génio musical, deixou-nos um legado com elevado valor, cujas músicas e letras, ainda hoje são muito actuais.

Só não aprendemos se não quisermos.

Obrigado António!!!

Em 1984...

Dar Dar
(Dar Dar)
Dar e Receber...
Dar Dar
(Dar Dar)
Dar e Receber...

Devia ser a nossa forma de viver
Dar e Receber...

Dar Dar
(Dar Dar)
Dar e Receber...
Dar Dar
(Dar Dar)
Dar e Receber...

Fazer a troca sem ganhar nem, perder...
Dar e Receber...

Dar Dar...
Dar Dar...
Dar o direito a toda a voz
Esse respeito que queremos para nós
Dar atenção ao nosso chamar
Compensação de quem sabe escutar

Dar Dar...
Dar Dar...

Dar Dar
(Dar Dar)
Dar e Receber...
Dar Dar
(Dar Dar)
Dar e Receber...

Devia ser a nossa forma de viver
Dar e Receber...

Dar Dar
(Dar Dar)
Dar e Receber...
Dar Dar
(Dar Dar)
Dar e Receber...

Fazer a troca sem ganhar nem, perder...
Dar e Receber...

Trocar...
Trocar...
Trocar a ideia pra conhecer
Essa candeia que queremos acender
Trocar os passos
Trocar a dança
Trocar os gestos que alargam uma aliança
Trocar o corpo
Trocar a voz
Trocar o canto pra não cantarmos sós
Trocar os passos
Trocar a dança
Trocar os gestos que alargam uma aliança
Trocar a ideia pra conhecer
Essa candeia que queremos acender
Trocar o corpo
Trocar a voz
Trocar o canto pra não cantarmos sós
Trocar o corpo
Trocar a voz
Trocar o canto pra não cantarmos sós

Trocar...
Trocar...

Dar...Dar...
Dar e Receber...
Dar...Dar...
Dar e Receber...

Absolutamente fabuloso!!!

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Festa e Gala do Triatlo 2010

Para grande surpresa minha, via email, fui convidado, pela Federação de Triatlo de Portugal, para estar presente na Gala do Triatlo de 2010, no dia 12 de Dezembro, em Montemor-o-Velho. Fiquei muito agradecido e honrado com o convite, mas, muito honestamente, pensei que fosse um equívoco, e perguntei isso mesmo, por email, ao responsável da FTP, visto que, no convite, constava a seguinte informação: "a qual incluirá uma cerimónia de entrega de prémios aos Campeões Nacionais de 2010.

Há muitos anos - uma década, para ser mais preciso -, que não conquisto qualquer título individual em Duatlo ou Triatlo, e daí estranhar a natureza do convite. Mas fui esclarecido, que a minha presença no pódio do Campeonato Nacional de Grupos de Idade, ao terminar em 3º lugar, no grupo 35-39 anos, me deu o direito ao honroso convite.

Pois bem, nesta minha segunda vida na modalidade, após uma ausência forçada e atribulada, neste momento, mas também para sempre, quero estar em paz com tudo e com todos os agentes da modalidade.

Assim sendo, não vou perder a primeira grande oportunidade de regressar à Festa do Triatlo, sem o habitual stresse competitivo.

Mais informações em:

domingo, 5 de dezembro de 2010

CEEPO Venom: Vendo (usado)

Coloco à venda, quadro branco CEEPO Venom de 2010, tamanho M, com 10 meses de utilização.

Preço: 1300€ (P.V.P. novo: 2300€)


Pedido de informações e propostas para:



Mais informações sobre o quadro em: CEEPO Venom





sábado, 4 de dezembro de 2010

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Petição da DECO: Electricidade Sem Extras

Leia, adira e divulgue: basta de pagar o que não se consome, a uma empresa (ainda) monopolista, e contribuir para os "prémios de produtividade"(?!) atribuídos aos boys e girls dos sistemas partidários!!!

Mais informações em DECO-PRO TESTE

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Contra o frio: treinar, treinar!

Parece que não subsistem dúvidas: o verdadeiro tempo de Inverno (frio, chuva e vento) já chegou.

Pude constatar e registar, as provas da chegada deste período mais frio do ano, no passado fim-de-semana, quando me desloquei à terra da minha "patroa", para uma visita familiar, e. claro está, alguns treininhos.

Se no Sábado, de manhã, com a água a uma temperatura muito agradável, foi possível treinar natação nas piscinas de Vila Real - esta cidade, capital de distrito, pode e merece ter, um complexo de piscinas cobertas novas -, e, de tarde, realizar um treino de corrida antes do anoitecer, no Domingo, o treino em b.t.t., foi um bom bocado mais agreste, devido à baixa temperatura do ar - tal como documenta a foto ao lado -, e as pontas dos dedos só aqueceram após umas belas subidas até atingir o ponto máximo do percurso, situado acima dos 900 metros. Valeram também, as fantásticas paisagens e o companheirismo e boa disposição dos amigos transmontanos, para o percurso não ser tão penoso.

Depois desta experiência nas Terras de Alleu, as condições atmosféricas ribatejanas já não me incomodam.

Isto tudo para afirmar o seguinte: mesmo com este mau tempo, os treinos têm que continuar. Se nos empenharmos agora, vamos, de certeza absoluta, colher os resultados, logo a partir de Fevereiro/Março.

Bons treinos!!!

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Um terço dos adolescentes tem peso a mais

Por ANA MAIA, 2010/11/26


Situação é pior nos rapazes e nos mais jovens. Uma em quase cada duas crianças com dez anos tem pré-obesidade ou é obesa.

João (nome fictício) tem dez anos. Não é muito diferente dos outros meninos da idade dele. Gosta de brincar, de estar com os amigos e jogar à bola. Só que João, com 1,35 m, tem excesso de peso. Devia pesar cerca de 30 quilos. Em vez disso, tem quase 40. Gosta de doces e de piza como os outros, só que come mais vezes este tipo de alimentos. Quase uma em cada duas crianças de dez anos em Portugal tem excesso de peso.

O estudo nacional de prevalência de obesidade infanto-juvenil em Portugal, que será apresentado este domingo no XIV Congresso Português de Obesidade, mostra que 22,6% dos jovens entre os 10 e os 18 anos estão em situação de pré-obesidade e 7,8% é já obeso. O mesmo trabalho, que analisou 5708 participantes, revela que são mais os rapazes e os mais jovens que têm as maiores prevalências de excesso de peso.

Quando está em casa, João adora ver televisão e jogar no computador. Mesmo na escola, prefere ver os colegas a jogar à bola ou então, quando participa, fica à baliza. Na hora do almoço, come mais depressa que os outros e mais quantidade. Ao lanche, prefere um bolo à sandes, tal como os amigos. Só que ele gasta menos calorias.

Para Beatriz (nome fictício), também com dez anos, o cenário não é muito diferente. Pesa mais que as amigas da idade dela - tem 38 quilos - e não gosta muito de fazer ginástica. Nem sempre toma pequeno-almoço e torce o nariz a petiscar alguma coisa a meio da manhã. No recreio, prefere ficar a falar com as colegas ou os jogos mais parados.

"Aos dez anos, as prevalências de excesso de peso são superiores a 40%. Isto quer dizer que uma em cada quase duas crianças tem peso a mais. É preocupante o impacto que isso terá na vida adulta, em morbilidade e mortalidade e na economia. O retrato está feito, agora é preciso actuar", defende Joana Sousa, da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa e responsável pelo estudo.

À medida que a idade aumenta, a prevalência de excesso de peso vai diminuindo. "Ou vão perdendo obesidade ou, e esta é possibilidade que mais valorizo, os adolescentes tornam-se obesos cada vez mais cedo", o que quer dizer que, se daqui a uns anos as crianças mais pesadas fossem analisadas, teriam na mesma excesso de peso.

"A nossa prioridade é controlar o problema, que tem aumentando de forma exponencial e não expectável nos últimos anos. Há indicadores que mostram que 95% da obesidade infantil têm uma causa nutricional associada ao estilo de vida e que apenas 5% têm causa genética", explica Joana Sousa, referindo que "nos distritos do interior os indicadores de excesso de peso são mais elevados".

Os médicos são fundamentais no combate à obesidade, mas também eles precisam de se sentir peças essenciais no processo. De acordo com um outro trabalho que vai ser apresentado no congresso, a literatura mostra que "os profissionais de saúde, principalmente os médicos de família e de clínica geral, parecem apresentar uma atitude negativa face ao tratamento da obesidade", refere o resumo do levantamento feito por elementos das universidades do Porto e do Minho.

"Os médicos são descrentes na eficácia da modificação de estilo de vida dos doentes. É preciso que os médicos percebam que têm um papel importante e decisivo na motivação que os doentes precisam para mudar de estilo de vida", refere ao DN Davide Carvalho, presidente da Sociedade Portuguesa para o Estudo da Obesidade. "Os médicos têm de perceber em que fase de motivação está o doente e levá-lo a dar o salto. É a forma mais eficaz de combater a obesidade."

Fonte:
Diário de Notícias

---

Opinião pessoal

Diariamente, vejo as conclusões finais deste estudo à minha frente. E mais: com tendência a agravar-se seriamente. Os pais preferem a opção mais cómoda, neste caso, dar dinheiro aos filhos para comerem onde querem e o que preferem, e em casa, refeições rápidas ao gosto guloso dos jovens: açúcar e gorduras!!!

Nas escolas, apesar dos refeitório oferecer refeições variadas e equilibradas semanalmente, os alunos preferem comer no bar, um sandes, um refrigerante e um bolo. E a escola, o que faz? Vende estes produtos no bar e permite que os meninos façam as ementas à sua maneira. Mesmo no refeitório escolar, a sopa, a fruta e a salada, são o que mais sobra, mas se o prato principal for carne, fazem fila para repetir.

No futuro, com tantos alunos badochas nas minhas turmas, em vez de propor para andarem ou correrem, peço-lhes para rebolarem.

Estamos a criar várias gerações de mal educados, gordos e burros!!!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Temos líder?

Precisamos urgentemente de um líder político para o país, com estas características.

"Desculpe?",

"Como?"

"Não percebi. Mais alto, se faz favor"
"Ah, pois, ainda está para nascer não é! E quando nascer IMIGRA!!!"


"Mourinho agradece a Deus não ser uma pessoa modesta
por Lusa23 Novembro 2010

O português José Mourinho, treinador do Real Madrid, agradeceu a Deus por não ser uma pessoa modesta, "uma qualidade que não ajuda em nada", numa entrevista publicada hoje na revista francesa France Football.

"Vivo e trabalho num mundo em que não podes dizer o que pensas, nunca podes dizer a verdade. Não ser hipócrita, não ser diplomático, não ser bajulador, esse é o meu maior defeito. O pior é que se te comparas com pessoas que o são, perdes sempre na comparação", precisou.

Para Mourinho, "ganhar uma vez um campeonato, qualquer um o pode conseguir", porque "o futebol é um jogo que permite que isso aconteça. Mas ganhar, ganhar e voltar a ganhar não é para todos os treinadores".

"Gosto de pensar como penso e gosto muito que as pessoas que estão comigo pensam exactamente o mesmo do que eu. Que somos fortes, que temos qualidade, que somos os melhores, que ninguém nos pode ganhar. É a minha filosofia", explicou Mourinho, "perfeitamente consciente" das suas qualidades."

A arte de contar azulejos

Centímetro após centímetro,

Azulejo após azulejo,

Metro após metro,

Piscina após piscina,

Tarefa após tarefa,

Treino após treino,

Semana após semana,

Mês após mês,

Época após época.

O treino de natação é muito exigente a nível físico e mental, e não são muitos os que fazem o percurso anterior durante muitos anos. O nadador na piscina, num vaivém constante, de parede a parede, está tal e qual como o hamster na rodinha da sua gaiola, movimenta-se sem parar, por vezes, até ficar extenuado, sem pensar no que está a fazer: guia-o o instinto?

Pode dizer-se que é saturante, um exagero, desumano ou desnecessário, mas os que persistem diariamente, evoluem como atletas, mas acima de tudo como pessoas. Podem não atingir um nível de excelência desportiva, reconhecido a nível regional, nacional ou internacional, mas as vivências dentro de um tanque aquático, na procura de algo tão simples como é, a evolução, proporciona, sobretudo aos mais resistentes e tenazes, um conjunto de aprendizagens úteis para ultrapassar os obstáculos da vida quotidiana.

O lema é: não desistir; persistir!

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Lisbon International Triathlon | 30.04.2011

Na época de 2010, o Triatlo Internacional de Lisboa (1,9km + 90km + 21,1km), marcou o meu regresso às provas de longa distância.

Para a edição de 2011, já estou inscrito, e para além de querer voltar a figurar na primeira página da listagem da classificação final, seria interessante avançar mais alguns lugares, em relação a 2010.

Para motivar os que apreciam esta modalidade, e este evento em particular, aqui fica o vídeo promocional oficial.

domingo, 21 de novembro de 2010

NORTHWAVE: contrato de parceria formalizado

Recentemente, desloquei-me à sede da empresa representante oficial e em exclusividade, da NORTHWAVE para Portugal, para formalizar o contrato de parceria anteriormente estabelecido.

Na sala de exposições da empresa BICIMAX, em Marinha Grande, tive a oportunidade de visualizar um conjunto de marcas e produtos para 2011, das mais prestigiadas marcas, e mundialmente reconhecidas pela sua qualidade.

Do vasto leque de opções de marcas e produtos, esta reputada marca italiana, apresenta linhas completas de vestuário, óculos e calçado, destinadas à prática de ciclismo em estrada, todo-o-terreno e triatlo, para praticantes desportivos, desde o nível de iniciação até ao atleta profissional.

Em termos de parceria, o contrato estabelecido, compreende a utilização dos seguintes produtos NORTHWAVE:
- um par de sapatos para ciclismo de estrada, modelo Northwave Typhonn SBS;
- um par de sapatos para triatlo, modelo Northwave Ttribute;
- um par de palmilhas, modelo Northwave Biomap Bike Performance
SBS;
- um par de óculos, modelo Northwave Freetime;
- um par de óculos, modelo Northwave Blade.

A inquestionável qualidade dos produtos NORTHWAVE, nada farão por mim - ou por qualquer outro atleta -, se não treinar, regular e empenhadamente. Mas se juntarmos os dois aspectos - treinos e produtos com qualidade -, garantidamente, a evolução e os resultados desportivos vão surgir a médio e longo prazo.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Não há respeito pelo sagrado animal

Pobre do animal, não deveria ver o seu bom nome envolvido neste assunto, sobretudo quando o dito bicho é acusado de tomar clembuterol para aumentar a massa muscular e perder gordura. Mal alguém consegue imaginar uma vaca a injectar um produto anabolizante, para depois ir desfilar perante a sua manada, exibindo as sua volumosas massas musculares, vestindo apenas um biquíni fio-dental?

E temos mais um situação escandalosa, comprovada nesta imagem, num raro momento de pura lide tauromáquica, captado por um fotógrafo muito atento e oportuno, -se, claramente, outra situação de abuso: o animal, espécie sagrada e protegida por várias tribos, e divindade à qual é prestado culto, é selvaticamente abusada, por um indivíduo disfarçado de ciclista, apenas com o intuito de ganhar uma grade de mines e um pires de tremoços bem salgadinhos, fruto de uma aposta com amigos da tasca.

Nem pelo sagrado há respeito!

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Não deveria, mas...


...vou abrir uma excepção, para não deixar os estimados visitantes - ou será apenas um? -, privados da minha atenciosa resposta.
Vamos lá esmiuçar o assunto:


1. Nunca pensei, nem virei a pensar que sou bom, mas tenho algumas qualidades e quero esmiufrá-las antes de morrer.

2. Lamento, mas sou de estatura média e já não vou crescer mais, nem com danoninhos lá vai, a não ser, crescer para os lados.

3. É precisamente quando não estou no blogue, que amavelmente visitou, que aproveito para evoluir, seja a trabalhar, a treinar ou em família.

4. Aplaudo as suas qualidades de adivinho; de facto os meus Pais são agricultores, gente humilde, que não inveja, nem diz mal de terceiros, ao contrário de outros, os anónimos. E agradeço à minha Mãe e ao meu Pai, terem feito uma pausa na horta, para me fazerem as orelhas. Porque o que eu gosto mesmo é de viver e deixar viver os outros, e se puder ajudar quem precisa e deixa, tanto melhor.

Próximo!!!

Seguidamente, temos uma mensagem mais de cariz técnico, e bem a meu jeito, aproveito para agradecer, uma vez mais, publicamente, ao veterinários das minhas 3 burras de estimação.

Ora então, amigo Antunes, vamos lá afinar o assunto:

1. Na verdade, o Hugo Santos é o melhor mecânico amador de bicicletas que conheço. Melhor que alguns que se dizem mecânicos, e até têm loja aberta e tudo, mas não passam de maus aprendizes de mecânicos de bicicletas, ou seja, estragam mais do que arranjam.

2. Como é praticamente meu vizinho, então é "ouro sobre azul".

3. Sendo mecânico amador, a questão do "quanto custa?" não se coloca. Compreende?

Um bem haja pelos vossos comentários, caros visitantes "sr. anónimo" e José Antunes.

domingo, 14 de novembro de 2010

Registo de treinos: Outubro de 2010



Nota: a título gratuito, e sem solicitar qualquer contrapartida, a quem solicitar via email, envio o ficheiro original em formato Excel.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Krepe com classe mundial!

Porque eles e elas merecem, porque eu não sou invejoso e porque eles inspiram muitos de nós a treinar e evoluir!!!



(clique sobre as imagens para ampliar)

PARABÉNS A TODOS!!!

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Saldos Desportivos: Novidades

A página com o título SALDOS DESPORTIVOS, foi actualizada, na qual foram inseridas algumas novidades.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Determinação...em ritmo pesado

Dedicado a todos os que lutam arduamente na vida, até conseguirem, com muita determinação, alcançar o seu objectivo, por muito longo e penoso que seja o caminho a percorrer.

IRON MAIDEN - The Loneliness Of The Long Distance Runner

[(Harris) 6:31]

The tough of the track
With the wind
And the rain that's beating down on
Your back
Your heart's beating loud
And goes on getting louder
And goes on even more 'til the
Sound is ringing in your head
With every step you tread
And every breath you take
Determination
Makes you run never stop
Got to win got to run 'til you drop
Keep the pace hold the race
Your mind is getting clearer
You're over half way there
But the miles they never seem to end
As if you're in a dream
Not getting anywhere
It seems so futile

[Chorus]
Run on and on
Run on and on
The loneliness of the long distance runner

I've got to keep running the course
I've got to keep running and win at
All costs
I've got to keep going be strong
Must be so determined and push myself on

Run over stiles across fields
Turn to look at who's on your heels
Way ahead of the field
The line is getting nearer but do
You want the glory that goes
You reach the final stretch
Ideals are just a trace
You feel like throwing the race
It's all so futile

[Chorus:]

Atenção: este som é muito potente e pode...viciar...ou não!

domingo, 7 de novembro de 2010

Uma página marcante no Triatlo de LD

Ontem, 6 de Novembro de 2010, disputou-se mais uma prova do circuito mundial WTC, o IRONMAN Florida. À partida, alinharam 9 portugueses, o que constitui número recorde de participantes em provas do referido circuito.

Pedro Gomes, foi o atleta mais em destaque, principalmente, pelo facto inédito de ter liderado a prova durante a primeira meia-maratona, concluindo em segundo lugar absoluto os 3,8 km a nadar, 180 km de bicicleta e 42,2 km a correr a pé em 8:19:26 (recorde pessoal). Fantástico!!!

Não menos fantástico, foi o resultado do Sérgio Dias ao baixar das 9 horas de prova, e vencer o escalão 30-34 anos, em 8:58:49 (recorde pessoal).

Resultados dos restantes triatletas portugueses:

- Rodrigo Baltazar: 9:17:57 (recorde pessoal), 7º no escalão 30-34 anos;

- Sérgio Costa: 9:32:40 (recorde pessoal), 17º no escalão 35-39 anos;

- Hugo Ribeiro: 9:43:23 (recorde pessoal), 19º no escalão 40-44 anos;

- Pedro Quintela: 10:10:59 (recorde pessoal), 33º no escalão 40-44 anos;

- Sónia Quintela: 11:37:29 (recorde pessoal), 16ª no escalão 40-44 anos;

- Sérgio Marques: DNF » Hipotermia;

- Vanessa Pereira: DNF » Lesão.

Com este conjunto global de resultados, fez-se história no Triatlo de Longa Distância em Portugal, e fez vibrar todos os que seguiram o desenrolar da prova. Por certo, os resultados alcançados pelos triatletas portugueses, também servirão de motivação a outros triatletas para treinar e evoluir nos próximos tempos.

Parabéns pelo desempenho e obrigado pelas emoções vividas!

Boa recuperação e boa viagem de regresso para todos.

sábado, 6 de novembro de 2010

IRONMAN é homem de ferro

A motivação é a palavra-chave, não só para o simples acto de sobreviver, como para alcançar grandes feitos pessoais, sejam eles reconhecidos publicamente, ou não.

À hora que escrevo esta mensagem, lembrei-me dos Portugueses que se preparam, do outro lado do Atlântico, para realizar o IRONMAN Florida, e tentar obter o apuramento para o IRONMAN Hawaii de 2011. Foi a pensar na Vanessa Pereira, na Sónia Quintela, no Pedro Quintela - sim, estes dois últimos, são marido e mulher -, no Sérgio Marques, no Pedro Gomes, no Sérgio Dias, no Hugo Ribeiro, no Rodrigo Baltazar, e no Sérgio Costa, que procurei no Youtube um vídeo oficial sobre a prova. Boa sorte para todos, e que alcancem os vossos objectivos.

Acabei por encontrar e visualizar até ao fim o vídeo pessoal de um vulgar participante, de nome David Ambrose, e não pude deixar de constatar que as imagens foram captadas por alguém que o apoiou e acompanhou durante a prova, possivelmente a companheira do triatleta. São quase 7 minutos de um vídeo simples, que mostra um cidadão comum, a realizar uma prova com 3,8 kms de natação, 180 kms de ciclismo e 42,2 de corrida a pé, e concluir a prova em 12 horas e 22 minutos. Sim, ele conseguiu!!!

Os norte americanos podem ser muito criticados, pelas mais diversas razões, mas também têm imensos atributos, e um dos que eu mais admiro é o seguinte: eles acreditam!!!

O que transparece para o lado de cá, é que aquele povo, na generalidade, tem o hábito de estabelecer um objectivo, ambiciona atingi-lo e trabalha empenhadamente para o conseguir, motivando-se e sendo motivado pelos que o rodeiam, no dia-a-dia, até conseguir atingir a sua meta. Pode até parecer ridícula a formar como muitas vezes manifestam o seu apoio aos demais, mas fazem-no. Estão dispostos a motivar quem necessita de apoio, e de alguma forma, partilham os sentimentos e as emoções ao longo desse percurso.

Voltemos a Portugal...

A sociedade portuguesa, para além de apresentar uma vergonhosa percentagem de prática regular da actividade física ao longo do ano (2-3 x semana), na generalidade, ignora, desvaloriza, critica e inveja, quem se dedica a semelhantes práticas, preferindo nada fazer pelos outros, nem apoiando e motivando os próprios familiares, amigos, conhecidos ou desconhecidos, para atingirem os seus objectivos, nem sequer fazem o que quer que seja pela sua própria saúde e bem estar físico.

É aflitivo e perturbador, em pleno século XXI, constatar a forma como os atletas amadores, cidadãos comuns, trabalhadores e mães/pais de família, ainda são olhados com um misto de admiração silenciosa, estupefacção, incompreensão e desdém, por parte de quem os rodeia, em relação à sua prática desportiva regular, e em particular, a participação em competições. Então fazer um ironman é a loucura e parvoíce total; só alguém muito louco e sem amor à vida é que se mete numa coisas dessas!

Sejam familiares, amigos, colegas de trabalho, conhecidos ou desconhecidos, tenho pena destas pessoas, por não se aperceberem da sua mentalidade medíocre, por não quererem mudar-se, mas eu sigo em frente. Assim é, desde 1986, e espero que assim seja até mais não conseguir fazer.

Dedicado a todos os "David Ambrose", de todas as idades, com objectivos positivos, seja no que for.

Já escrevi o que penso, a seguir, vou treinar.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

NORTHWAVE

Tenho o prazer de anunciar publicamente que, hoje, 3 de Novembro de 2010 celebrei uma parceria com a consagrada marca Italiana NORTHWAVE, representada exclusivamente para Portugal pela Bicimax - Artigos Desportivos, Lda, permitindo assim, equipar-me na época desportiva de 2011, com sapatos para ciclismo (estrada e triatlo) e óculos técnicos.

A NORTHWAVE é um conceituado fabricante de produtos (calçado, vestuário, óculos) para ciclismo. Usando tecnologias inovadoras, todos os produtos NORTHWAVE têm a garantia de uma excelente qualidade, com todo o conforto e desempenho necessário à pratica do ciclismo.

Mais conforto
Mais eficácia da força exercida
Mais performance

Certamente, será este o resultado esperado, com a utilização dos produtos NORTHWAVE.

terça-feira, 2 de novembro de 2010

O que é isto?

Sim, é apenas um sapato de corrida a pé.

Não, tenho a certeza, não me vão patrocinar.

Sim, tenho a certeza que muitos me entendem ;-)

domingo, 31 de outubro de 2010

Nova época, nova equipa

Nunca fui, e nunca serei uma vedeta, seja no que for. Mas ainda assim quero agradecer às pessoas que reconheceram o meu actual valor desportivo, endereçando-me propostas para integrar os projectos desportivos que representam, em termos de Triatlo, para a época desportiva de 2011.

Com os meus objectivos pessoais bem definidos, e o tempo disponível bem contabilizado, pretendia representar uma equipa que, para além de suportar as despesas básicas (filiação na FTP, inscrições, equipamentos, etc.), me exigisse o mínimo de compromissos, em relação às provas do calendário nacional, e, simultâneamente, alguns dos atletas partilhassem comigo a participação prioritária em competições de média e longa distância, em Portugal e no estrangeiro.

Prometi a mim mesmo, e aos responsáveis das equipas que me endereçaram propostas para 2011, tomar até ao final do dia de hoje (31 de Outubro), uma decisão, em princípio, definitiva.

Assim, pelas condições apresentadas, e por se constituir como um projecto simples e inovador, em termos de equipas nacionais de triatlo, a confirmar-se tudo o que me foi proposto pelos seus responsáveis, na época desportiva de 2011, irei representar o


SPORT UNIÃO COLARENSE

(clique sobre o título para saber mais sobre o clube)

Progressivamente, irei disponibilizar, nas várias secções do site, informação sobre o assunto.

Termino, agradecendo publicamente à direcção do Clube de Triatlo do Oeste/COMPEED, o apoio, a confiança e o investimento em mim, enquanto atleta da equipa. E para que não restem dúvidas, não saio em litígio com ninguém da equipa, antes pelo contrário, gostei do clima geral de amizade, entre todos/as os/as triatletas da equipa. Boa sorte para 2011!!!

sábado, 30 de outubro de 2010

Há quanto tempo não fazia isto?!

Há muitos anos que não ouvia o despertador a tocar, para me levantar, a pensar num treino de...natação. Ainda resisti 26 minutos, após o toque das 6:30, mas lá me levantei, não fosse ficar com o peso na consciência, por me ter comprometido com o treinador a tentar aparecer para o treino, e falhar logo na primeira tentativa.

Dia feio este sábado, com frio, vento e chuva, e só sabia bem era ficar "na caminha". Mas já que estava acordado e decidido a não ficar em casa, despachei-me rápido, com o café, a sandocha mista e a peça de fruta e dançar no estômago, lá conduzi o boguinhas a caminho das Piscinas em Benedita. Viagem curta, de 20 minutos, até chegar ao local do treino...atrasado, pois claro. A sessão estava marcada para as 7:30, e quando cheguei ao cais da piscina, já estava o Bruno Dias a concluir a palestra inicial, para uma plateia de quase 20 atletas.

Fazer aqui um parênteses, para refletir sobre o seguinte: às 7:30 da manhã, num dia desagradável, num país com reduzida e vergonhosa percentagem de prática regular de actividade física, numa vila da província - como é o caso da Vila de Benedita -, ter um grupo de jovens adolescntes para treinar Natação, é MUITO BOM! Nunca desistam, porque a evolução vai ficar bem à vista de todos!!!

Adiante! Lá fiz o aquecimento de 1900 metros, e preparei-me para o meu primeiro teste em meio aquático, da época de 2011: 400 metros crol, com partida de blocos - foi um luxo, e até nem foi chapanço -, para registar tempo.

Parti rápido, mas assim que comecei a sentir as picadas do ácido láctico - "aço lato" para os amigos -, abrandei um pouco o ritmo, para na parte final, tentar acelerar mais um pouco. Com base nas sensações finais, senti que podia fazer um pouco melhor.

O meu melhor tempo nesta distância, é de 6´32", em 26 de Janeiro de 2001, e tendo em conta um conjunto muito vasto de condicionantes, ter registado, hoje, 7´04", ou seja, 1´46"/100 metros, é um muito bom prenúncio, daquilo que poderá vir a seguir...se continuar a treinar regularmente.

A continuar assim, parece-me que vou bater uns quanto recordes pessoais, ao longo da época.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Primeiras semanas do desafogamento


As primeiras de 5 semanas de treinos, ou seja, de 21 de Setembro a 22 de Outubro, com o Bruno Dias, no Benedita Sport Clube Natação, traduziram-se em:
- 15 sessões de treino de uma hora, à 3ª-feira, 5ª-feira e 6ª-feira;
- 35050 metros, ou seja, quase tanto como o total nadado em Outubro, Novembro e Dezembro de 2009;
- tarefas específicas ( Ex: 16 x 50cr, 20 x 100 cr) com tempos médios muitos interessantes;
- melhoria sigificativa da técnica de nado;
- algumas dores nas "mamocas";
- uma fome descomunal quando termino o treino;
- uma sonolência fora do normal.

Tudo por uma boa causa, claro!

E ainda só estamos no início...

Em Novembro, quero começar as sessões ao Sábado às...7:30, da manhã, na água.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Autor quer alertar os pais

'O Fim da Inocência' conta a história verdadeira de uma jovem portuguesa.

"Deu-me uma garrafa de água para as mãos e disse que era um tipo de ecstasy com efeito mais retardado. Os efeitos só iriam ser sentidos daí a, pelo menos, hora e meia. O tempo suficiente para chegarmos ao festival e ter uma experiência única na vida." O relato de Inês, a jovem do livro O Fim da Inocência, de Francisco Salgueiro, é verídico e espelha a vida dos novos adolescentes portugueses, garante o autor.

Uma realidade de droga, álcool e sexo vivida por um grupo de amigos desde os 12 anos. O escritor diz que o livro é "um alerta para todos os pais que desconhecem a vida dos filhos". A jovem que contou a sua história a Francisco Salgueiro tem agora 19 anos e deixou Portugal para tentar começar uma vida nova.

Os psicólogos alertam para a distância que existe entre pais e filhos. "Os pais têm muitas vezes uma imagem que não é necessariamente verídica da vida dos filhos. Os adolescentes, por sua vez, fazem tudo para esconder a vida que levam com os amigos e as saídas à noite", reconhece o terapeuta familiar Hélio Borges.

No entanto, o especialista acredita que os jovens que têm estes comportamentos - como as festas onde Inês e os amigos escolhiam os desconhecidos com quem consumiam drogas e faziam sexo, descritas no livro - são ainda "uma minoria". Já a psicóloga Dora Bicho, que também trabalha com jovens, alerta para o facto de esta realidade ser cada vez mais frequente. "O número de adolescentes que bebe e consome está a aumentar, mas há jovens que conseguem organizar-se e conciliar as saídas à noite com os estudos", diz.

O desconhecimento da vida dos filhos é o que mais assusta Francisco Salgueiro. Os pais da jovem que viveu as histórias d'O Fim da Inocência não faziam ideia de como a filha vivia e quando descobriram tentaram esconder essa realidade do meio onde viviam. O escritor considera que isso acontece porque "os pais pensam que os adolescentes são como eles eram. Mas há uma realidade social totalmente diferente daquela que os pais de hoje viveram na adolescência".

Por isso, os psicólogos aconselham os pais a manterem um diálogo aberto com os filhos para evitar que estes tenham comportamentos de risco como os que Inês viveu entre os 12 e os 18 anos. "Os pais devem estar presentes, sem imposições e mostrar uma certa abertura nas conversas", indica Hélio Borges.

A consciência do mundo em que os filhos vivem também pode fazer a diferença. Dora Bicho sublinha a importância de os pais mostrarem "uma disponibilidade não condenatória para ouvir e para tentar colocar-se no lugar do adolescente sob o ponto de vista actual e não querer que eles vivam como os pais viveram no seu tempo".

Os jovens do século XXI, que Francisco Salgueiro retrata, estão também expostos aos perigos das redes sociais. Inês conheceu um homem pela Internet, que dizia ser um rapaz de 16 anos, e com quem ela decidiu perder a virgindade, mas acabou por ser violada. "Os pais devem acompanhar o que os filhos fazem nas redes sociais. Devem explicar-lhes os cuidados que devem ter", refere o autor. "Os 15 minutos de fama transformaram-se em 15 megas, que são colocados na Internet e que ficam para sempre", diz.

'O Fim da Inocência'

Francisco Salgueiro

2010

Oficina do Livro

14,90euro

Fonte:
Diário de Notícias

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Ajuda de Berço

Missão e Objectivos

Os dois centros de acolhimento da Ajuda de Berço, Instituição Particular de Solidariedade Social sem fins lucrativos, pertencem à Associação Ajuda de Berço, e a sua sede e 1.ª casa estão situadas na Avenida de Ceuta n.º 51 R/c, Lisboa, com os telefones 21 362 82 74 - 76 -77; a 2.ª casa está situada na Travessa Francisco Resende nr 37 - 1500-289 Lisboa.

A Ajuda de Berço atrás identificada é uma IPSS- Instituição Particular de Solidariedade Social sem fins lucrativos - associada à UDIPSS ( União Distrital de Instituições Particulares de Solidariedade Social de Lisboa) e à CNIS (Confederação Nacional de Instituições de Solidariedade), que se caracteriza por ser uma ” instituição onde se articula a generosidade (voluntariado social) e a organização postas ao serviço da Comunidade (Instituição Privada)” na qual se insere para concretizar respostas a necessidades sentidas no seio desta.

A Associação Ajuda de Berço, fundada em Lisboa a 12 de Março de 1998, no 5.º Cartório Notarial de Lisboa, por um grupo de amigos, tem como Missão testemunhar o respeito pela Vida Humana, e o Acolhimento de crianças abandonadas ou em situação de risco, desde que nascem até aos 3 anos de idade.

A Ajuda de Berço foi declarada Instituição Particular de Solidariedade Social e reconhecida como pessoa colectiva de utilidade pública com efeitos a partir de 7 de Julho de 1998. Tendo sido o Estatuto de Superior Interesse Social publicado em Diário da República a 15 de Fevereiro de 2008.

Para além do acolhimento das crianças, os técnicos da Ajuda de Berço intervêm na dinâmica familiar de cada criança, de forma a ajudar as famílias, quando possível, a encontrar soluções para receber de novos a criança. Assim, é dado apoio aos pais para encontrarem alternativas, nomeadamente encaminhando-os para os diversos departamentos ou serviços disponíveis na comunidade.

Contactos

Sede Social e Centro de Acolhimento de Alcântara
Avenida de Ceuta nr 51 - Rc
1300 - 132 Lisboa
Tels: 213 628 274/ 276 / 277
Fax: 213 628 275

Email Geral : ajudadeberco@ajudadeberco.pt
Serviços Administrativos: tviegas@ajudadeberco.pt
ou cbigode@ajudadeberco.pt

Centro de Acolhimento de Monsanto
Travessa Francisco Resende, nr 37 (Junto ao Colégio Beiral)
Tel: 21 770 30 20 -28
Fax: 21 770 30 29

Email Geral: ajudadeberco@ajudadeberco.pt

Serviços Administrativos: cpereira@ajudadeberco.pt

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Os objectos do nosso contentamento

Segue-se um registo fotográfico obtido no FESTIVAL BIKE 2010, no CNEMA, em Santarém, de 22 a 24/10/2010.


Até 2011!

domingo, 24 de outubro de 2010

3º Duatlo BTT Festival Bike | CNEMA - Santarém | 24/10/2010 | Balanço

Terminou, no Domingo, 24 de Outubro, a época desportiva de 2010, com a realização do 3º Duatlo Festival Bike. Os percursos da prova foram realizados nos terrenos do CNEMA e imediações, em percursos mistos, de terra batida, relva e alcatrão.

Com mais alguns treinos, efectuados desde o Duatlo do Jamor, consegui realizar a corrida inicial mais próximo dos primeiros lugares.

O esforço inicial, permitiu-me, juntamente com mais dois colegas de circunstância, ultrapassar no percurso em b.t.t., alguns dos atletas menos adaptados à exigências desta vertente do ciclismo.

Na corrida final, consegui assegurar uma posição no top 10, algo que não sucedia, em provas de Duatlo e Triatlo, desde o longínquo ano de 2004.

Resumo:
1. Corrida (3400 metros): 12:31, 24º tempo parcial;
2. Ciclismo (14,8 quilómetros), em BTT: 35:37, 9º tempo parcial;
3. Corrida (1,7 quilómetros): 6:50, 15º tempo parcial;
4. Tempo final: 55:19;
5. Classificação final absoluta: 9º lugar absoluto (203 duatletas na linha de partida e 195 duatletas na linha de meta);
6. Classificação final no escalão sénior: 6º classificado, em 92 participantes;
7. Classificação colectiva: 6ª equipa, em 17 equipas classificadas.

Agradeço ao Paulo Pitarma o registo fotográfico.

Mais informações em:

sábado, 23 de outubro de 2010

É tudo uma questão de...competitividade

Como diria ou Engº Guterres: "É só fazer as contas".


Se o caso se tivesse passado com um casal de triatletas, pela resistência e persistência do espermatezóide, seria classificado de...IRONZÓIDE!

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

3º Duatlo BTT Festival Bike | Santarém | 24/10/2010


O Calendário Nacional de Triatlo e Duatlo de 2010, chega ao fim, no próximo Domingo, 24 de Outubro, em Santarém, com a disputa da 3ª edição do Duatlo BTT Festival Bike, uma prova que este ano é a 7ª e última etapa da Taça de Portugal PORterra. Como nas anteriores edições, a prova será disputada nas instalações do CNEMA.

À partida, a minha equipa - COMPEED/TRI-OESTE -, enontra-se classificada no 3º lugar masculino.

Pelas 10:30, estarão na linha de partida, mais de 230 atletas. A prova será disputada na distância de 4Km de corrida, 15Km de BTT e mais 2Km de corrida.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Sair da escola para fumar expõe alunos a mais riscos

por RITA CARVALHO

Estudantes que se encontram à porta da escola estão mais vulneráveis à oferta de substâncias ilícitas, alerta IDT. Aí não há vigilância.

A obrigação de sair do recinto da escola para fumar está a expor os alunos fumadores a um risco maior de aliciamento para o consumo de drogas. Aí não há vigilância e é mais difícil de intervir, alerta Manuel Cardoso, da direcção do Instituto da Droga e da Toxicodependência (IDT).

"Em muitas escolas, o que acontece é que a vigilância para lá do portão não existe. E os alunos ficam mais expostos e vulneráveis a todo o tipo de ofertas ilícitas", afirmou ao DN. É isso que o presidente da Junta de Freguesia de Brito, Guimarães, garante que está a acontecer junto à Escola Básica 2,3 Professor Abel Salazar, em Ronfe.

Esta semana, quatro alunos, com idades dos 14 aos 16 anos, entraram na escola depois de terem estado a consumir haxixe. O autarca José Dias acredita que o incidente aconteceu porque, nas imediações da escola, há pessoas a aliciar os jovens com droga para os viciar e depois obrigar a consumir com regularidade.

Manuel Cardoso não tem dados para afirmar que esta alteração nas regras de funcionamento das escolas - e a obrigação de sair para fumar - está a contribuir para um aumento do consumo de haxixe. Até porque as estatísticas dos últimos anos indicam uma tendência contrária e uma diminuição dos consumos entre a juventude. "Mas a exposição ao risco é, com certeza, maior."

Além disso, há outra agravante: os professores, supostamente referências para os mais novos, estão a fumar, lado a lado, com miúdos de 13 ou 14 anos, acrescenta.

Contudo, episódios como o da escola de Guimarães são pontuais e não fazem parte do dia-a-dia normal das escolas, acredita o responsável do IDT, sublinhando a tendência decrescente do consumo. "O programa Escola Segura tem contribuído bastante para isso. Fazem um trabalho preventivo e dissuasor, embora tenhamos consciência de que estes polícias não podem estar à porta de todas as escolas", acrescenta.

Os pais também vêem com preocupação, mas não com surpresa, a ocorrência de incidentes como o da escola de Guimarães. Mas consideram que o problema da droga já foi mais grave do que é actualmente.

"Infelizmente, temos a noção de que estas situações acontecem. Não somos ingénuos ao ponto de pensar que não há droga nas escolas. Mas os dados que temos indicam que episódios destes são uma minoria", afirmou ao DN José Luís Baptista, da Confederação Nacional para as Associações de Pais. A Confap partilha a preocupação do IDT sobre o que se passa à porta das escolas e acrescenta que a falta de auxiliares também agrava este problema. "Além disso, fora do recinto da escola, muitos professores passam, a assobiar para o lado, se virem um aluno a ter um comportamento menos incorrecto", acrescenta.

José Luís Baptista diz ainda que, apesar de o consumo de cannabis estar mais banalizado entre os jovens, muitos pais ainda não sabem como abordar este assunto e alertar os filhos para os seus riscos.

Os professores consideram que os alunos já têm a informação sobre estes perigos. "Mas faz parte do espírito da juventude contrariar e arriscar. Se fosse só uma questão de esclarecimento, o problema estava resolvido", diz Adalmiro Botelho da Fonseca, presidente da Associação Nacional de Directores de Agrupamentos e Escolas Públicas.

A falta de pessoal para vigiar os seus comportamentos no recreio e junto ao portão da escola, que se tem verificado nos últimos anos, também pode vir a contribuir para o agravar desta situação, alerta.

Fonte:
Diário de Notícias

Fim de linha!

A sensação - nem de perto, nem de longe -, é idêntica à de quem dá origem a um filho, e tudo faz para o ver crescer forte e saudável, e depois, após muitas tentativas de auxílio, o abandona ao perceber que ele não está a ir pelo caminho traçado. Mas neste momento, informo que, por motivos que não tenho que justificar publicamente, me demito de todas - e não foram poucas! -, as funções e cargos, desempenhados na Secção de BTT do Clube do Mato.

Obrigado a todos os que comigo colaboraram neste projecto, de forma honesta e desinteressada .

Reflexão:

Apenas se pode operar a mudança, quando as pessoas estiverem receptivas e empenhadas na tarefa.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Marcha Pela Igualdade | Rio Maior | Domingo, 24 de Outubro de 2010

Programa

9:30 - Concentração no Jardim Municipal
10:00 - Marcha pela Igualdade (percurso urbano com oferta de águas e t-shirts)
11:30 - Chegada à Biblioteca Municipal
11:45 - Conferência sobre Igualdade de Género
12:00 - Peça de Teatro sobre Igualdade de Género - Universidade Sénior de Rio Maior
12:30 – Encerramento


Organização


ADIAFA - Associação para o Desenvolvimento Integrado da Freguesia de Alcobertas

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

3 Horas Resistência BTT | Ribeira de S.João | 17/10/2010 | Balanço

No passado Domingo, participei na prova organizada pela PROJOR - Projecto Jovem Ribeirense – Associação Juvenil, com o objectivo de realizar um treino mais longo que o habitual, neste inicio de época, e preparar a participação no Duatlo Porterra no Festival Bike, em Santarém. Cumpri, na íntegra, os dois objectivos, e ainda tive o prazer de perder com o jovem João Vargas, que segundo o próprio, está interessado em comprometer-se com a equipa DINAZOO/DROSSIGER/CLUBE DO MATO, para fazer provas de XCM regionais, como ciclista federado.

Quanto ao evento, só por terem a iniciativa de organizar a prova, a PROJOR deve ser felicitada. Tanto mais que, nos dias de hoje, com ou sem crise, o associativismo passa por sérias dificuldades, ao nível dos recursos humanos e financeiros. A organização, cumpriu com o essencial para que tudo funcionasse normalmente: percurso longo, mas muito fácil, águas no abastecimento, duches, lavagem das bicicletas, almoço (2 pratos diferentes, bebidas e sobremesas à descrição), lembranças para todos os participantes, sorteio de prémios, e prémios para os melhores classificados. Podem melhorar: a divulgação, o percurso com menos alcatrão, a contagem e controlo das voltas.

A organização tinha limitado a inscrição a 50 participantes, mas apareceram 15!

Tendo em conta que no Concelho de Rio Maior, existem mais de uma centena de pessoas que saem para passeios em b.t.t., todos os Domingos de manhã e que alguns até pagam para ir fazer passeios, raids e maratonas em b.t.t., noutras zonas do país, acho que existe por aqui uma grande contradição. Acho aceitáveis muitas das possíveis justificações: "não gosto de resistências em b.t.t, por andar sempre às voltas no mesmo sítio", "não estou para pagar 10€ para andar de bicicleta", "já estava inscrito para ir para outro lado", "vou andar de b.t.t. ou estrada, mas para outras zonas", etc., etc., etc..

Só não entendo é o motivo pelo qual alguns dos que apresentam este tipo de justificações, e por "coincidência" ou "desconhecimento", passam no local da prova, à mesma hora em que a mesma estava a decorrer, a ocupar o percurso em toda a sua largura e a mandar "bocas" aos participantes. A organização e os poucos participantes que ali estavam, mereciam um pouco mais de respeito.

Se somos assim para os nossos próprios conterrâneos, na famosa "Cidade do Desporto": assim não vamos lá!!!