terça-feira, 21 de setembro de 2010

Carrosel aquático do BSCN

A minha época desportiva de 2011, começou em Agosto de 2010, com a preparação de alguns aspectos logísticos e, claro, com a definição do planeamento de treino, mas apenas em termos gerais, uma vez que, ainda não existe calendário de provas. Embora, os picos de forma, estejam bem definidos: 12 de Julho e, se o primeiro for cumprido com sucesso, terei o segundo momento alto de forma em Outubro de 2011.

Tinha previsto começar a treinar as 3 modalidades, apenas no início de Outubro, mas como estava a ficar muito rabujento, que nem eu me suportava, e com o "michelin" a inchar, decidir antecipar o assunto e fazer uma corridinha a pé, durante 30 minutos, na 2ª-feira. Foi como que um pontapé de saída pessoal e a solo - como é hábito -, para a nova temporada.

Contudo, logo na segunda sessão de treino, percebi o que me espera nos treinos de natação com os pirralhos e pirralhas do BSCN. Após encaminhar o meu filho para a pista ao lado, para ficar a cargo de outro treinador, durante uma hora, lá me lancei à água pela primeira vez, desde o tenebroso Triatlo de Guadalajara, a 5 de Setembro.

O Bruno Dias, até foi benevolente comigo, colocando-me na pista mais lenta, e pedindo-me para nadar lento e descontraído. Ora, isto é o que melhor sei fazer: lento e descontraído. Esse, aliás, tem sido o problema que quero ver minimizado esta época. Lá se foi cortando nas minhas tarefas, para eu não ficar muito mal visto, junto dos jovens nadadores, para quem aquilo parecia uma guloseima. Acabei por fazer mais pernadas de bruços numa só sessão, do que na soma dos últimos 5 anos, e as 40 x 25m, agrupadas em 4 séries de 10 repetições, para o velhadas foram em crol, porque as artroses já não permitem fazer em mariposa, tal como fizeram os jovens contorcionistas aquáticos. Mesmo assim, a dada altura, fiquei com a sensação de estar num carrosel, em que a chegada à parede, após cada repetição, apenas dava para por o nariz e fora, inspirar, deslizar e gesticular até à outra parede.

"Nadem, nadem meninos e meninas e...velhote, mais uma piscininha, mais uma repetição!"

Certo, certo, é que cheguei a casa com um fomeca fora do habitual, e os olhos já nem com os palitos se aguentavam abertos. Inclusivamente, à hora a que escrevo esta mensagem, ainda sinto um certo desconforto nas minhas mamocas e as "nalgas" retorcidas por fazer tanta pernada de bruços.

Aguenta Manel, que ainda só estamos no início das massagens!!!

11 comentários:

david caldeirao disse...

primeiro estranha-se depois....., aperta contigo que ainda estás novo ;-) e já só faltam 365 dias para acabar a época!!!
então e a equipa do BSCN_Triatlo está a andar??? sorte...
abraço,

Triatleta disse...

Obrigado David Titanero!
O BSCN não tem Triatlo. Em Benedita, já existe a equipa do Externato Cooperativo.
Um abraço.

Bruno Dias disse...

Não quero começar a apertar já contigo mas vais ver Pedro que daqui a uns dias isto será bem mais facil.

Vais entrar no ritmo dos muidos e começas a mostrar que a idade e a exepriência são apenas mais valias.

abraço

Triatleta disse...

Obrigado Bruno!

Logo na primeira sessão, notou-se inequívocamente, a diferença entre treinar sozinho e treinar com um treinador e grupo de treino.

Quanto às "mais-valias da idade", é pá, mais valia eu ter aprendido a nadar mais cedo :-)

Abraço e até amanhã.

Pedro Brandao disse...

Oi Pedro. Força ai nos treinos. Quem me dera era ter algum treinador como tu. Essa logistica ainda não a preparei. Quero cumprir o meu objectivo da maratons do Porto em Novembro e depois pensar e estrutura a época 2011. Em relação aos treinos vais ver que te adaptas fácil. Acima de tudo tens força de vontade e persistência e isso é tudo neste desporto. E que gozo te vai dar quando sentires a evolução a ocorrer.... Abraço e continuação de bons treinos.

Triatleta disse...

Obrigado Pedro!

Força aí para a Maratona do Porto!!!

Continuo indeciso, sobre se vou ou não fazer essa prova. Pois, temo que o treino seja muito curto para tantos quilómetros.

Pelo que vi na TV, tem um percurso interessante.

Um abraço.

Sugarstorm disse...

Pedro,

40x25m é um doce!!! Sempre tens 40 paragens pelo meio para respirar e descansar.
Quando forem séries de 10x200 ou 5x400 metros é que é a doer :)
Vai aproveitando enquanto podes.
E fica descansado que lá para o Natal já vais ver uma diferença substancial. Quanto mais nadas, menos te custa e cada braçada faz mais efeito. Por falar nisso, tens trabalhado a musculatura da parte superior do corpo? É que tu deves ser só pernas...

Triatleta disse...

Sr. da Tempestade de Açucar,

Obrigadinho pelas palavras motivadoras. Não basta um gajo ver-se à rasca para tentar desenburrar dentro de água, e ainda vens com propostas alucinadoras de tarefas, cujo único objectivo é o vómito final :-))))

Agora a sério: em Dezembro quero estar muito melhor que o meu melhor do ano passado.

Sim, esto a fazer reforço muscular localizado após cada treino de corrida, a nível lombar e dorsal, peito e tricipedes, e abdominal.

Pois, a nível de pernas, quando era pequenino, fui mordido pelas abelhas, e o inchaço ainda não passou ;-P

Abraço.

vanessap. disse...

"Run towards your fears. Embrace them" :-)
Força Campeão.
Nunca é tarde ;-)

Triatleta disse...

Vanessa,

Muito obrigado!

Mas...
Tu é que és a Campeã.
Tu é que és jovem.
Tu é de podes e "deves" continuar a investir e insistir na modalidade em longas distâncias.
Beijinhos.

fotografias disse...

Ui... já vi que este ano estás a investir... assim vais perder a minha roda;-)
Força nisso!